Editora Livre Popular Artesanal

"Mesmo que seja facil e divertido, estamos cansados de sermos espectadores. Queremos fazer alguma coisa, queremos fazer a nossa cultura ao invés de somente comprá-la."

Group Material

segunda-feira, 16 de julho de 2012

oficinas gratuitas: "cultura popular e protagonismo mediatico"e "palavras musicais"


prezados

Lamparina Luminosa convida a mais duas oficinas gratuitas no mes de julho:

Cultura Popular e Protagonismo mediatico, com Dennis de Oliveira
dia 21 de julho das 14h as 17h na Camara de Cultura Antonino Assumpção, SBC

"Nos últimos anos tem crescido o debate sobre a diversidade cultural. A Unesco, em 2007, aprovou a convenção sobre o direito à diversidade cultural e, em 2009, publicou o relatório intitulado Investir no diálogo intercultural. O reconhecimento da diversidade cultural abriu um espaço importante para que os agentes da cultura popular reivindicassem políticas públicas para o setor, exigindo que as políticas culturais não ficassem submetidas unica e exclusivamente ao mercado e ao esquema da indústria cultural. Aproveitando ainda as possibilidades propiciadas pelas novas tecnologias de informação e comunicação, os grupos de cultura popular passaram a construir um cenário onde se vislumbra novos protagonismos midiáticos e culturais. Porém, para tanto, é necessário entender alguns fundamentos próprios da cultura popular brasileira e suas singularidades, marcadas pelas tradições de matrizes africanas e indígenas e reinvenções de outras matrizes culturais."

Dennis de Oliveira
Professor da Universidade de São Paulo, no curso de graduação em Jornalismo (ECA) e nos Programas de Pós Graduação em Mudança Social e Participação Política (EACH - USP Leste) e Direitos Humanos (Faculdade de Direito). Coordenador do CELACC (Centro de Estudos Latino Americanos sobre Cultura e Comunicação) e membro do NEINB (Núcleo de Apoio à Pesquisa e Estudos Interdisciplinares sobre o Negro Brasileiro). Editor das revistas ExtraPrensa e Dikamba. Autor dos livros "Globalização e racismo no Brasil" (2000), "Mídia, cultura e violência" (2010) e "Cultura e comunicação na América Latina: integrar para além do mercado" (2012).


Palavras Muisicais, com Lilian Akemi
dia 28 de julho das 14h as 17h na Biblioteca de Arte Ilva Aceto Maranesi (Pinacoteca de Artes), rua Kara 105, Jardim do Mar, SBC

Oficina voltada para a leitura rítmica e sonora das palavras, partindo de textos diversos, como um poema ou as informações de uma bula de remédios. A partir daí, os participantes farão suas próprias escrituras a partir de provocações externas.

Lilian Akemi
revisora de textos e graduanda em Letras (Português/Francês) na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Faz parte do núcleo Ausência em Cena, no qual atua como assistente musical e atriz. É integrante de dois grupos de estudos sobre a música corporal: o Fritos; e o coordenado por Fernando Barba e Stênio Mendes.


as oficinas são gratuitas, para se inscrever mandar um email a: cursos.lamparina@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário