Editora Livre Popular Artesanal

"Mesmo que seja facil e divertido, estamos cansados de sermos espectadores. Queremos fazer alguma coisa, queremos fazer a nossa cultura ao invés de somente comprá-la."

Group Material

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Oficina Literária: Texto do mês.

A partir deste mês publicaremos textos da Oficina Literária que acontece no Parque Selecta, os textos são escolhidos pelos próprios participantes, iniciamos com o texto de Lourds Pestana, texto criado após leitura de Patativa do Assaré.

A Despedida


São duas e vinte da manhã
Já vem o trem
Bem longe ouvimos seu apito
Piui, piui, piui.
O trem vem chegando
Tik tik, tik tik, tik tik
Vem quebrando o silêncio daquela madrugada.

Lá vem o trem
Trazendo consigo grande desejo
Esperança de uma vida melhor
Trabalho, estudo.

O trem vem chegando naquela estação
Dentro de nós uma enorme confusão
Desejo, esperança de mudança de vida
Tristeza de não irmos todos
Pai, mãe e irmãos

Já vem o trem
Quando entre abraços e beijos
Com a voz embargada na garganta
Ouvimos o sumbido dos freios
Daquele trem que vem freando nos trilhos.

Coragem
Pegue as malas
O tempo é pouco
Subimos no trem
Olhando para traz
Um beijo jogado de longe

O trem apita uma e duas vezes e sai
As lágrimas caem
Mais um beijo
Voando pela janela daquele trem
A tristeza da despedida chega
Fica ali uma família maravilhosa
Pai, mãe e irmãos
Numa grande solidão
Sofrendo naquela estação.

Uma grande viagem começa
Em cada estação
Vai longe nossa imaginação
Uns descem
Outros sobem
O trem vai levando pessoas
Cada uma com sua história

Quando o dia amanhece
Vamos vendo pela janela
A paisagem sempre bela
Rios, fábricas e cidades
Vamos encontrando a realidade.

Logo na chegada
Naquela estação
A tristeza vai embora
Somos invadidos pelos sonhos
E encantos daquela cidade grande
Mas no fundo fica, até hoje, uma ferida
A tristeza daquela despedida.


Lourds Pestana

8 comentários:

  1. Legal todos nós temos poiesias

    ResponderExcluir
  2. bom-não-pois-é-na-poesia-demonstramos-todos-nossos-sentimentos-pelo-menos-pra-mim-vale-se-estou-triste-feliz-ou-com-raiva.

    ResponderExcluir
  3. Muito, muito bom. Gostaria de também conseguir escrever com esta simplicidade e trazer tão boas lembranças e sentimentos de forma tão simples. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  4. Sylvio Cesar Cassaro17 de junho de 2012 16:40

    Gostei tia, parabéns, muito linda a poesia.
    Quando escrever a próxima, nos envie.
    Fiquei orgulhoso de ter uma tia escritora.

    ResponderExcluir
  5. O poema é simplesmente divino!
    Cada verso nos embala e nos leva nessa viagem maravilhosa para aventuras e lugares novos.
    Meus cumprimentos à maravilhosa escritora.
    Espero ler muitos outros textos de sua autoria.
    Sucesso

    ResponderExcluir
  6. Fatima Nieri Enedino17 de junho de 2012 17:47

    Lindo, imaginei a cena e viagei nela
    recordei minha 1ª viagem de trem
    mechendo com as emoções
    Parabens amiga

    ResponderExcluir
  7. Parabens,simple,gostoso de ler.muito bonito.Suceso,minha querida amiga.

    ResponderExcluir
  8. Todo mundo espera ver sempre mais mas muito bem continue assim.

    ResponderExcluir